As Irmãs Fox

As Irmãs Fox foram três mulheres que, nos Estados Unidos da América tiveram um importante papel na gênese do Moderno Espiritualismo Ocidental. As irmãs eram Katherine “Kate” Fox (1837–1892), Leah Fox (1814–1890) e Margaret “Maggie” Fox (1833–1893). Elas fizeram sucesso durante muitos anos como médiuns, em sessões onde os espíritos se manifestavam por batidas.

Em Março de 1848, Maggie e Kate Fox falaram com um espírito que se manifestava na sua casa. Primeiro, ordenaram ao espírito que contasse até dez e ele respondeu com dez batidas. Então, a sua mãe perguntou quantos filhos ela tinha. O espírito bateu corretamente seis vezes. A Sra. Fox convidou seus vizinhos, e eles ficaram chocados quando o espírito respondeu às perguntas das meninas com uma série de batidas. Ao tocar duas vezes para sim e uma para não.

Algum tempo depois, Margaret apareceu na Academia de Música de Nova York e confessou que toda a questão das batidas dos espíritos tinham sido uma mentira. Ela disse que tudo começou como uma brincadeira entre ela e Kate, para a sua mãe supersticiosa e inventaram os sons por vários meios, mas principalmente por movimentos com os pés.

Embora os dois médiuns fundadores do Espiritismo tenham se exposto como fraudes, isso não afetou o movimento como um todo.

𝐅𝐫𝐚𝐭𝐞𝐫 𝐋.𝐑.
𝙻.𝚅.𝚇.
†△